Evolução

Olá novamente : )

Faz tempo que não escrevo por aqui.

Durante esse tempo todo, além de trabalhar, estudei e pratiquei muito, e meu trabalho mudou consideravelmente. Aprendi muita coisa, mudei meu processo e meu pensamento para chegar a um resultado final.

Quero demonstrar aqui rapidamente sobre o que estou falando com um exemplo, com uma ilustração que usei nos outros posts que estão no blog, a imagem de topo do site.

Essa é a versão antiga:

E essa é a nova versão:

O que mudou de uma versão para a outra?

Se eu quiser resumir em uma palavra, essa palavra seria ‘leitura’.

Mas podemos separar essa nova imagem em algumas partes como uma receita, e cada parte seria um ingrediente que faltou na imagem antiga. Ou estava lá e não funcionou, talvez por uma interpretação errada da lista de compras, ou por algum motivo ainda incompreensível na minha mente por não ter feito as receitas mais sofisticadas na época.

Alguns ingredientes que faltaram na versão antiga foram: ‘hierarquia de valores e contraste’, ‘sombras projetadas’, ‘sombras de contato’, ‘hierarquia de render’‘temperatura de cor e luz’.

E provavelmente ainda faltam alguns ingredientes que devo ter esquecido, ou ainda desconheço por não ter estudado e feito receitas ainda mais sofisticadas.

Quando terminei aquela primeira imagem eu tinha certeza que havia feito uma ilustração completa e finalizada. Ela até pode ser considerada finalizada, mas ela serviria apenas para alguns restaurantes e paladares específicos. A falta desses ingredientes que mencionei não levaria aquela imagem para os melhores restaurantes. Porque os melhores chefs sabem o que está errado nos conceitos mais simples, nos Fundamentos!

Então olhando para trás e comparando, só posso reforçar o que todos que trabalham com desenho e ilustração dizem: a evolução é constante. E isso não deve ser limitado somente à ilustração, a evolução deve ser constante sempre como ser-humano, como indivíduo.

Tenho certeza que olharei para essa imagem no futuro e direi que a nova receita está errada ou precisa de alguns ajustes. Mas esse é justamente o ponto que estou querendo mostrar aqui : )

Agora uma comparação visual, se olharmos apenas os valores, colocando uma imagem do lado da outra, podemos visualizar muito melhor as diferenças:

Também quero falar sobre o post tutorial para aplicar textura que fiz anteriormente.

Não é um processo que uso mais, muito raramente talvez, mas ainda acho válido deixar o post como uma maneira de fazer uma parte específica do processo, e também como utilizar algumas ferramentas do photoshop.

Mas devo ressaltar que é muito mais importante pensar na imagem como um todo, na composição, na clareza da imagem. A textura é importante para separar os materiais que são apresentados, mas existem muitas maneiras de fazer isso, e usar a técnica que demonstrei no tutorial não é necessariamente a mais eficiente.

É importante estudar os materiais, mas a técnica que irá utilizar vai depender muito do que ficará mais confortável no seu processo.

Espero que esse post ajude de alguma forma a continuarem sempre evoluindo : )

Home Home